sábado, 28 de agosto de 2010

"TODA NUDEZ SERÁ CASTIGADA"

É sério! E nem em nome da arte é permitido!

Erykah Badu, verdadeira diva do r'n'b quase foi presa e teve que pagar US$ 500 de multa nos EUA. E o motivo não foi o polêmico final do clipe.

O Motivo:

Erykah Badu
"Window Seat"
New Amerykah, Pt. 2: Return Of The Ankh
dir: Erykah Badu


Enquanto filmava o clipe em Dealey Plaza, um local turístico de Dallas, nos Estados Unidos, onde o presidente John F. Kennedy foi assassinado em 1963. Uma mulher que passava por ali se sentiu ofendida ao ver Erykah Badu nua na rua e a processou por atentado ao pudor.
(Deve ser inveja!)

Mas onde está o direito da mulher sob seu próprio corpo? Onde está a liberdade de expressão? Onde está o século XXI? E por que só a Erykah Badu foi julgada?

Sim, porque o clipe de "Window Seat" foi inspirado em outro clipe que esse mesmo roteiro:

Matt & Kim
"Lessons Learned"
Grand
dir: Taylor Cohen & Otto Arsenault


A gravação desse clipe foi feita em plena Time Square, em NYC. Eles realmente tiveram a coragem de tirar a roupa na frente de todos que ali passavam. Não foram processados, nem pagaram nenhuma multa. Pelo contrário, ganharam o prêmio de Breakthrough Video, no VMA's do ano passado. A única coisa que aconteceu com eles foi aquele enquadro dos policiais que é mostrado quase no final do clipe.


Outro que tirou a roupa em nome da arte videoclíptica foi Wayne Coyne, vocalista do Flaming Lips.
"Todo o elenco do clipe ele recrutou através do site BikePortland.com. Através de um simples post, pedindo aos ciclistas que não se importavam em tirar a roupa que aparecessem no local combinado. Vários apareceram e todo mundo ficou peladão, inclusive o próprio Wayne, que explicou o conceito do clipe dizendo que não se trata de uma nudez apelativa, mas SIMBÓLICA, que simboliza a morte do ego, sacou?!"
(fonte: TopTop MTV)

Já tentaram fazer isso na Av. Paulista, num protesto à favor da humanização no trânsito, mas não deu muito certo. Como não era carnaval, os policiais não gostaram muito e prenderam alguns protestantes.



Mas enfim, vamos ao clipe: (só achei essa versão ripada no dia do lançamento do clipe)

The Flaming Lips
"Watching The Planets"
Embryonic
dir: Wayne Coyne and George Salisbury


MATE SEU EGO VOCÊ TAMBÉM... TIRE A ROUPA!!!
(em nome da arte, por favor)

Nenhum comentário: