sábado, 19 de fevereiro de 2011

Aniversário de Kurt Cobain: Videografia do Nirvana

20 de fevereiro é aniversário de um dos mais fodões rockeiros do mundo da música: Kurt Cobain, que se estivesse vivo completaria 44 anos. Banda essa, que estorou em 1991 com seu segundo álbum, o "Nevermind" e trouxe consigo toda uma cultura denominada banal, vulgar, suja e vândala: o GRUNGE. O sucesso do grunge trouxe de bônus várias outras bandas do mesmo estilo, como Alice In Chains, Pearl Jam e o Soundgarden e levou a "música alternativa pras lojas de disco.
Kurt Cobain, viu-se ungido pela mídia como porta-voz da geração X, mesmo contra sua vontade.

Durante os últimos anos de sua vida, Cobain lutou contra o vício em heroína, doenças, fama e imagem pública, bem como as pressões ao longo da vida profissional e pessoal em torno a si mesmo e de sua esposa, a cantora Courtney Love. Em 8 de abril de 1994, Cobain foi encontrado morto em sua casa em Seattle, vítima do que foi oficialmente considerado um suicídio por um tiro de espingarda na cabeça. As circunstâncias de sua morte, por vezes, tornam-se um tema de fascínio e debate. Desde sua estréia, o Nirvana, com Cobain como compositor, vendeu mais de 25 milhões de álbuns nos Estados Unidos, e mais de 50 milhões em todo o mundo.

O primeiro clipe a ser gravado pelo Nirvana foi pra música In Bloom, mas na real foi lançado mundialmente depois do estouro de Smells Like Teen Spirit.
Kurt odiou essa versão do clipe, por terem dito que ele ficou parecido com o pai, com quem ele não tinha uma boa relação. Uma segunda versão foi feita, que veremos mais pra frente.

"In Bloom (vr. 1: dresses)"
Nevermind
dir: Kevin Kerslake


O carro-chefe pra fama e a subida do Nirvana do underground pro mainstream foi o clipe Smells Like Teen Spirit, onde alunos destroem uma escola[saiba mais sobre clicando aqui]. O clipe se tornou a marca registrada do grunge:

"Smells Like Teen Spirit"
Nevermind
dir: Samuel Bayer



Sem muita produção, Come as You Are veio pra ilustrar a capa do Nevermind:

"Come As You Are"
Nevermind
dir: Kevin Kerslake


Na real, a banda achava um saco gravar videoclipes, então Lithium foi lançado com cenas dos shows e mostra perfeitamente como era o Nirvana no palco: quebrava tudo!

"Lithium"
Nevermind
dir: Kevin Kerslake & Mark Racco



Depois de um tempo engavetado, a segunda versão de In Bloom foi lançada. Kurt chegou a proibir o lançamento da 1ª versão só pelo fato de ter ficado parecido com o pai. Regravaram o clipe no mesmo cenário, só que quebraram tudo. Gravado de uma vez, o resultado acabou ficando melhor do que a primeira versão: só quebradeira!

"In Bloom (vr. 2: smashing instruments)"
Nevermind
dir: Kevin Kerslake



Em 1992, veio o terceiro álbum do Nirvana, o Incesticide, com gravações raras lançadas em bootlegs no início da banda. Ainda sob o impacto do Nevermind, que desbancou o Michael Jackson das paradas, esse álbum não teve uma forte divulgação da gravadora.
O clipe mostra o Kurt contando quando seus pais o deixaram a avó pra dar um rolê:

"Sliver"
Incesticide
dir: Kevin Kerslake



Mas já em 1993, o quarto e último álbum de estúdio do Nirvana saiu, com o melhor clipe daquele ano: Heart-Shaped Box, dirigido pelo cineasta Anton Corbijn e com referências a morte e a religião. Leia mais sobre o clipe aqui.

"Heart-Shaped Box"
In Utero
dir: Anton Corbijn



Em 1994, meses antes da morte de Kurt, o Nirvana gravou o histórico e até depressivo MTV Unplugged. O palco com pouca luz e cheio de velas foi ideia do próprio Kurt. O acústico tem uma atmosfera única e interpretações arrepiantes da banda e alguns covers da banda de que Kurt mais curtia, o Vasoline, que acabaram ficando famosas graças à interpretação dilacerante. Três músicas deste acústico viraram clipes:

"All Apologies"
MTV Unplugged
dir: Beth McCarthy




"About A Girl"
MTV Unplugged
dir: Beth McCarthy




"The Man Who Sold The World"
MTV Unplugged
dir: Beth McCarthy




Os três últimos clipes do Nirvana são póstumos, lançados respectivamente em 1996 e 2002.

Tirados do único album ao vivo do Nirvana, Aneurysm e Drain You deixaram um sentimento de perda e o grunge, acredito eu, durou só enquanto Kurt quis que durasse.

"Aneurysm"
From The Muddy Banks Of Wishkah
dir: Milton Lage





"Drain You"
From The Muddy Banks Of Wishkah
dir: Milton Lage



Após várias brigas na justiça pelos direitos autorais, em 2002 finalmente foi lançada You Know You're Right, música inédita do Nirvana até então. O clipefoi feito só com colagens de gravações dos shows mas que realçou a potência das performances da banda. A voz única, intensa e inconfundível de Kurt reapareceu no último clipe do Nirvana:

"You Know You're Right"
single
dir: Chris Hafner



Se pudesse trocar, com certeza mataria o Justin Bieber e traria Kurt de volta. Mas tenho certeza que ele não vai querer voltar pra esse mundo de merda.

3 comentários:

Anônimo disse...

na verdade existem 3 clipes da música in bloom, o primeiro foi a versão da sub pop, arrumem isso por favor =D

Ricardo Oliveira disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Ricardo Oliveira disse...

Quem foi a pessoa que escreveu que o clipe de Smells Like Teen Spirt é onde crianças quebram uma escola? Esse clique em questão é o clássico do Pink Floyd que se chama Another brick in the wall, erro grosseiro.