sexta-feira, 25 de março de 2011

O Julgamento


Pink Floyd
"The Trial"
The Wall

O Julgamento ( The Trial )
Roger Waters


Promotor:
Bom dia, verme sua excelência.
A coroa pretende mostrar que
O prisioneiro diante de você
Foi pego em flagrante mostrando sentimentos
Mostrando sentimentos de uma natureza quase humana;
Isto não presta
Chamem o mestre!


Professor:
Sempre disse que não daria boa coisa, excelência.
Se me deixassem fazer à minha maneira
Eu o colocaria na linha.
Mas minhas mãos estavam atadas,
Os mais sensíveis e os artistas
Perdoavam-lhe tudo.
Deixe-me martela-lo hoje?


"Pink Floyd"(Personagem):
Louco, Macacos me mordam eu sou louco,
Fui fisgado mesmo.
Deveriam ter tomado minhas bolinhas de gude.


O Juri:
Louco, macacos me mordam ele é louco.


Esposa de "Pink":
Seu bostinha agora você está nessa,
Tomara que eles jogem a chave fora.
Você deveria ter falado mais vezes comigo
Mas, não!tinha que ser
Do seu jeito, destruiu muitos
Lares ultimamente?
Apenas cinco minutos, verme sua excelência,
Ele e eu, sozinhos.


Mãe de "Pink":
Filhiiiiiiiiiinho!
Vem com a mamãe filhinho,
Deixe-me segurá-lo
Em meus braços.
Senhor nunca quis que ele causasse
Algum problema.
Por que tinha que me deixar?
Verme, sua excelência, deixe-me levá-lo para casa.


"Pink Floyd"(Personagem):
Louco,
Embaixo d'água, eu sou louco,
Grades na janela.
Deveria haver uma porta no muro por onde entrei!


O Juri:
Louco, embaixo d'água, ele é louco.


Juíz:
A prova apresentada à corte é incontestável,
Não há necessidade do Júri se retirar.
Em todos meus anos de magistrado
Nunca ouvi de um caso
De alguém que merecesse tanto
A pena máxima da Lei.
A forma como fez sofrer,
Sua mãe e sua exótica esposa,
Me enche de vontade de defecar!


Promotor:
vai nessa juiz! Merda nele!


Juiz:
Desde que,meu amigo,
Você revelou seu
Medo mais profundo,
Eu lhe sentencio a se expor
Aos seus semelhantes.
Derrubem o muro!


O Juri:
Derrubem o muro!



quinta-feira, 17 de março de 2011

Puberdade em Um Minuto

Da infância ao fim da puberdade, um moleque faz o quê?

Bom, em poucos minutos, esse curta-clipe tenta reproduzir essa fase, que em alguns pontos diferentes do meu, o menino se torna homem.

Mas o que é tornar-se um homem?



Niklas A. Kröger
"One Minute Puberty"
dir: Alexander Gellner

Rapidinho...

Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar...
Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar...
Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar... Copiar...
e colar:


Kaisoku Tokyo
"Copy"
dir: Takahiro Yasuda


Meus pêsames aos japoneses...

Profissão: Puta

Enquanto alguns rappers e MCs se desfazem e até tratam o corpo feminino como uma mercadoria e objeto de posse em meio à rimas e batidões, eis que vem o Emicida com um clipe que mostra bem o que eu conheço de perto: a labuta de algumas mulheres da periferia (ou do centrão)que encontraram na prostituição um meio para levar a vida. Sob o descaso público, a ótica de uma vida suja e a exploração cafetina de ambos os lados da balanaça social, poucos respeitam essa que, nem profissão é considerada.

Ninguém para mesmo pra enfiar na cabeça que nenhuma mulher / travesti gosta de ceder o corpo para um desconhecido se aproveitar e gozar suas necessidades sexuais. Até mesmo aquelas que dizem que gostam da profissão, não reparam de fato que são fichas do machismo, da criminalização da pobreza e da exploração do mercado de trabalho. Mulheres se dispõem a essas circunstâncias porque é um modo fácil de ganhar dinheiro? Não. Basta olhar em volta, pra fora da sua bolha que as respostas pipocarão na sua cara, amigão: pobreza, porqueira capitalista, e a mídia também... Mas por que desse jeito? A burocracia e a exigência de qualificação para se ter um "emprego digno" (como dizem) não fez parte da preparação delas. Muitas não estudaram, não tem família, foram expulsas de casa ou simplesmente foram enganadas para servir-se como um lanchinho da madruga, com promessas fúteis de uma vida melhor, no Brasil ou no exterior.


Também não vemos que muitas dessas mulheres não tem apoio algum, de ninguém, para criarem seus filhos. Julgamos que elas não têm nem família. No clipe da música "Rua Augusta", o Emicida mostra bem essa realidade abafada e mesquinha. Se juntaram, gravaram cenas na Rua Augusta e na Vila Mimosa, no RJ, os mais famosos points da prostituição do Brasil e encontram a protagonista real do clipe: Rosana, mostrando na real como é foda viver desse jeito e que faz por questões de sobrevivência e não porque gosta. O clipe dará origem a um documentário fora de circuito cinematográfico, com depoimentos recolhidos na Vila Mimosa.

A rua é nóis, e esse clipe mostra que a gente tem tudo a ver com a situação social do Brasil, e que dizer a verdade é o primeiro passo para desconstruir visões opacas e deturpadas das classe que todos pisam, mas ninguém quer sujar o sapato, porque dá trabalho limpar. Dá play aê:

Emicida
"Rua Augusta"
Emicídio
dir: Felipe Rodrigues e Lucas Gandini

sábado, 12 de março de 2011

O Café de Cada Dia

Homens. Homens de terno, segurando uma maleta. Homens que tomam café. Muito café. Homens que trabalham. Trabalham sem reclamar. Como se fossem máquinas sem vontade própria. Diariamente. Iguais.

Mas e se alguém se dá conta de que tá sendo usado, em meio a uma multidão que faz e obedece rigorosamente? Se alguém resolve sair da linha? Descarrilhar. Ser diferente. Ousar. Definir os próprios passos. Fugir. E se alguém resolve pensar?

Parem de tomar café!

Atente aos detalhes.


Brandt Brauer Frick
"Caffeine"
You Make Me Real
dir: Danae Diaz e Patricia Luna


MULHERES...
...DIA-A-DIA...
...E O MERCADO DE TRABALHO...

quarta-feira, 9 de março de 2011

As Mulheres

Os Movimentos feministas, o machismo, a exploração e o tráfico de mulheres, as diferenças no mercado de trabalho etc...

Tudo isso só reforça que não existe igualdade e que tá muito longe disso acontecer.
Há muito as mulheres pedem RESPEITO:

Aretha Franklin
"Respect"
I Never Loved A Man The Way I Love You




Um video que me dói ter que assitir, mas no mundo todo isso acontece diariamente:

The Killers
"Goodnight, Travel Well"
Day & Age
dir: David Slade



"Eles brincam com a segurança, são rápidos para assassinar o que não entendem. Movem-se embalados ingerindo mais e mais medo a cada ato de ódio do outro. Eles se sentem mais confortáveis em grupos, menos culpa pra engolir. Eles são nós. Isto é o que nos tornamos. Temos medo de respeitar o individual. Uma única pessoa dentro de uma circunstância pode fazer a outra mudar. Amar a nós mesmos. Evoluir."

Erykah Badu
"Window Seat"
New Amerykah, Pt. 2: The Return Of The Ankh
dir: Erykah Badu



E a Pitty nos descreve como é a desconstrução da Amélia:

Pitty
"Desconstruindo Amélia"
Chiaroscope
dir: Ricardo Spencer



E falando em desconstruir o tipo Amélia:

P!nk
"Raise Your Glass"
Greatest Hits... So Far
dir: Dave Meyers



E a intuição feminina?

Shakira
"Las De La Intuición"
Fijación Oral, Vol. 1
dir: Jaume de Laiguana



Ei, machão você quer muito elas mas não quer ouvi-las? Dexe-as falar:

Kid Abelha
"Me Deixa Falar"
Tomate
dir: Rubinho




A ausência do amor com a presença do dinheiro e no que as mulheres se submetem na prostituição:

Nega Gizza
"Prostituta"
Comp. 01/02 - Orgânico/Sintético
dir: Kátia Lund e Líbero Saporetti



Ui!

Fernanda Abreu
"Kátia Flávia, A Godiva do Irajá"
Raio-X
dir: Luiz Stein



Injustiçada, xingada e não-reconhecida, mas mesmo assim, cheia de vida. Elza Soares representa o que as mulheres passam nesse mundo:

Elza Soares e Letícia Sabatella
"A Cigarra"
Do Cóccix Até O Pescoço
dir: Gringo Cardia



Desde criança, as mulheres são encaixadas num padrão machista, que na vida adulta, trás consequências:

P!nk
"Fuckin' Perfect"
Greatest Hits... So Far
dir: Dave Meyers


+

Cássia Eller
"Malandragem"
Cássia Eller
dir: Izabel Jaguaribe



Sensualidade depende de formas ou atitudes?

Beth Ditto
"I Wrote The Book"
dir: Prince James




Madonna
"Justify My Love"
The Immaculate Collection
dir: Jean-Baptiste Mondino



Diversão?

Cyndi Lauper
"Girls Just Wanna Have Fun"
She's So Unusual
dir: Cyndi Lauper



Face e corpo esbelto ou voz estarrecedora?

Janis Joplin
"Piece Of my Heart"



A modelo? Beleza não é tudo:

Evanescence
"Everybody's Fool"
Fallen
dir: Phillipp Stolzi



Quem sabe ela é mais do que só uma garotinha?

No Doubt
"Just A Girl"
dir: Mark Kohr



Amy é mais macho que muito homem:

Amy Winehouse
"Stronger Than Me"
Frank



E as meninas crescem um dia:

Sonic Youth
"Little Trouble Girl"
Wasinhg Machine
dir: Mark Romanek



Disse Courtney Love: Eu sou isca de cachorro:

Hole
"Doll Parts"
Live Through This
dir: Samuel Bayer



E não é justo! Você nunca a faz gritar:

Lily Allen
"Not Fair"
It's Not Me, It's You
dir: Melina Matsoukas



Elas X Eles! Acho que sempre vai ser assim:

Christina Aguilera feat. Lil' Kim
"Can't Hold Us Down"
Stripped
dir: David LaChapelle





t.A.T.u.
"All the Things She Said"
200km/h In The Wrong lane
dir: Ivan Shapovalov



Poxa, por que ainda você as trata mal?

Of Montreal
"Famine Affair"
False Priest
dir: Nina Barnes e Jason Miller



E por fim, todas as mulheres do mundo:

Rita Lee
"Todas As Mulheres Do Mundo"
Rita Lee

sexta-feira, 4 de março de 2011

VideoClíptico Pula O Carnaval!

De sábado até quarta, no Brasil, o Carnaval vai ser o assunto que vai tomar a mídia. Então, por que falar de carnaval aqui? Vâmo então ver e ouvir uns clipes brasileiros pra PULAR o carnaval, literalmente!
Com vocês o melhor do lado B do carnaval, com muita poesia brasileira, principalmente do nordeste, no CarnaClíptico:

Pra começar... Os 3 CHICOS:

Chico César
"Mama África"
Cuscuz Clã
dir: Anna Muylaert




ChicoCorrea & ElectronicBand
"Lelê"
ChicoCorrea & ElectronicBand
dir: Carlos Dowling e Shiko



Chico Science & Nação Zumbi
"Maracatu Atômico"
Afrociberdelia
dir: Raul Machado

Um pouquinho de sedução nunca é demais:

3namassa feat. Nina Becker
"O Objeto"
Na Confraria Das Sedutoras
dir: Caroline Bittencourt, Nina Becker e Oscar Segovia


Solos de guitarra em meio a tantos foliões:

Maquinado
"Dandara"
Mundialmente Anônimo
dir: Fernando Sanches


Foi-se o tempo que o carnaval era uma festa folclórica:

Cordel do Fogo Encantado
"Chover"


Aventureiros:

Bilora
"Calango Na Cidade"
dir: Leonardo Catapreta


Quem não gosta da folia vai pra praia:

Lulina
"Nós"
Cristalina
dir: Alice Riff, Daniel de Carvalho, Lucas Brandão de Oliveira, Marcella Sneider e Paula Esteves


Se bem que o carnaval é uma alegria clandestina:

Eddie e Karina Buhr
"Tô Cansado Dessa Merda"
Carnaval No Inferno
dir: Helder Santos, Camilla Loyolla e CherryPlus

Mas ficar pensando nas dores do mundo o tempo todo acaba com qualquer um:

Ligiana e Tom Zé
"Bloco Na Rua"
dir: Juana Roberto


Madame Saatan
"Vela"
Madame Saatan
dir: Priscilla Brasil


Pra dançar não precisa de letra:

Tom Zé
"Taka-Tá"
Danç-Êh-Sá
dir: André Hime e Huila Gomes


Há quem cause nos carnavais desse Brasil:

Max de Castro
"A História da Morena Nua Que Abalou As Estruturas do Esplendor do Carnaval"
Orchestra Klaxon
dir: Hugo Prata


E também há quem se apaixone:

Daniela Mercury
"Topo do Mundo"
Balé Mulato
dir: Lírio Ferreira


Há também quem escorra suor pra que tudo aconteça:

Mundo Livre S/A
"Seu Suor É O Melhor De Você"


Outros preferem um barzinho do que micareta:

Móveis Coloniais de Acaju
"Cheia de Manha"
dir: Hugo Pachiella


Outros repudiam tanto bacanal e pedem aos santos:

Elza Soares
"A Cigarra"
Do Cóccix Até O Pescoço
dir: Gringo Cardia


Otto
"TV A Cabo"
dir: David Bartex e Alexandre Chalabi


Sempre tem aquelas pessoas que abusam do alcohol! Cuidado no volante, hein?

Jorge Ben Jor
"Alcohol"
World Dance


Alguns aproveitam o feriadasso pra consumar alguma coisa:

Arnaldo Antunes
"Consumado"
Saiba
dir: Monique Gardenberg


Outro querem mesmo é sossego:

Caetano Veloso
"Não Enche"
dir: Monique Gardenberg


Apesar de pobres, a alegria se faz presente de algum modo:

Gilberto Gil
"Madalena (Entra Em Beco, Sai Em Beco)"
Parabolicamará
dir: Arthur Fontes e Cláudio Torres


E a terceira idade tem todo o direito de também sambar no carnaval:

Seu Jorge
"Carolina"
Samba Esporte Fino
dir: Big Bonsai


Ou só pensar no tempo:

Cidadão Instigado
"O Tempo"
Uhuuu!
dir: Renan Costa Lima


E o carnaval de Olinda? Lindo! Mas pra chegar lá, temos que subir a ladeira da saudade:

Orquestra Contemporânea de Olinda
"Ladeira"
Orquestra Contemporânea de Olinda
dir: João Amorim


O carnaval não deixa de ser uma fonte de renda. Esse é o mais vendido:

Mombojó
"O Mais Vendido"


Alguns fazem de tudo pra ser feliz:

Totonho e Os Cabra
"Tudo Pra Ser Feliz"



Zé Ramalho
"Tudo Que Fiz Foi Viver"


E quem disse que rap e carnaval não combinam?

Beatchoro
"Meu Beatchoro"


Samba-rap, mano! Vâmo lembrar dos nomes de quem fez e ainda faz o carnaval:

Rappin Hood e Leci Brandão
"Sou Negrão"
Sujeito Homem
dir: Tocha Alves e Fernando Rocha




HIBRIDA
"Carnaval"
dir: Bruno dos Santos


Mas o fim do mês vem outra vez:

Raul Seixas
"É Fim do Mês (versão remix)"
Novo Aeon


Pra Paraíba vamos nós:

Burro Morto
"Castelo de Pedra"
Varadouro
dir: Pablo Maia




Los Hermanos
"Todo Carnaval Tem Seu Fim"
Bloco do Eu Sozinho

quinta-feira, 3 de março de 2011

How Are You Doing? Michel Gondry voltou!

De volta aos videoclipes, sir Michel Gondry nos saúda com "How Are You Doing?". Um fantástico clipe pras fofas Living Sisters, que mostra a jornada a la Lei de Murphy de uma grávida prestes a dar a luz e o caótico trajeto até o hospital das irmãs pra encontrarem a futura mamãe.

A marca registrada do Gondry não ficou de fora. Pelo contrário, foi reforçada. Em praticamente todas as suas obras, Gondry usa e abusa de truques cinematográficos baratos e randômicos que confundem a mente do espectador. Espectador esse, que não pode nem piscar ou desviar o olhar que já perde muita coisa:

Vide "Sugar Water" (do Cibo Matto), "Star Guitar" e "Let Forever Be" (dos Chemical Brothers), "Come Into My World" (da Kylie), "Fire In Babylon" (da Sinéad O'Connor), "Protection" (do Massive Attack), "The Hardest Button to Button" (dos White Stripes), "Around The World" (do Daft Punk); e até mesmo em seus longas, como o espetacular "Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças".

Mas bóra ao clipe, que pra assistí-lo bem você devia ter pelo menos uns três olhos! Mas pra ver tudo direitinho, ele é digníssimo (e obrigatório) de replays:


The Living Sisters
"How Are You Doing?"

Love To Live
dir: Michel Gondry