segunda-feira, 30 de maio de 2011

Me ame agora e previna um vasamento



"Uma pintura em movimento". É assim que Marli descreve o vídeo do segundo single de "Instalações Noturnas", que explora o conceito de video art que surgiu nos anos 60 com filmes experimentais de artistas de vanguarda. O vídeo de "Bruxas e Viúvas" mostra uma sequência de imagens surreais que representam o sonho/pesadelo no qual a personagem da canção está aprisionada. O vídeo também faz referência a "Six Men Getting Sick (Six Times)"o famoso primeiro curta-metragem do diretor David Lynch."



Marli
"Bruxas e Viúvas"
dir: Witched


Não há mais o que dizer: Simplesmente genial!

sábado, 28 de maio de 2011

Civilização é o caralho !!!

Em tempos modernos saudosistas, em que baseiam-se apenas no passado para justificar o presente, tentamos explicar o mundo. E no vão entre o trem e a plataforma aparecem pastores, adivinhos e afins prevendo fins catastróficos para o mundo. Mas o mundo planeja apenas acabar com a civilização humana. Aliás, o mundo não pretende nada. E você? O que você pretende?

A antiga filosofia de tempos distantes ainda é o que nos prende e domina. Os comandos de um tal nazista jazido mexem até hoje com pessoas no mundo todo. Intolerância tolerável define. A culpa é do Zoroastro.

O que nos restou, meros seres dotados de polegar opositor, foi tentar explicar (ou não) que o mundo não é o bastante. E que o ser basta. Mesmo que ele sequer exista. Nós damos um jeito de materializá-lo em formas de monumentais estátuas que tocam as nuvens. Mas alguém perguntou pro mundo se ele queria ter uma estátua gigante cravada em sua pele? Utilidade inútil define. Daí, na revolta, o mundo arruma uma utilidade pras estátuas endeusadas: destruir ruminantes, virando o mundo de cabeça pra baixo.
Civilização inexiste a partir de um clique no botão play:


JUSTICE
"Civilization"
dir: Edouard Salier



em breve, a versão 3D

sábado, 21 de maio de 2011

A fofa casa dos horrores

Ela se contorce no sofá, faz pose de diva, luta com serpentes e apresenta seu gatinho branco. O clipe começa assim, e parece ser só um simbolismo bobo. Mas, e quando os objetos da casa se revoltam? E quando o gatinho começa jorrar sangue na cara da moça? E quem será aquela misteriosa velhinha ao piano?

É quase tão assustador quanto Carrie, A Estranha e O Exorcista prum video de uma música que fala de amor rejeitado.


Alex Winston 
"Sister Wife"
dir: That Go (Noel Paul & Stefan Moore)

segunda-feira, 16 de maio de 2011

O clipe na vertical

Geralmente os videoclipes são em widescreen. Mas os indies da banda fofis Cloud Nothings quiseram inovar: Ah, esse formato já se gastou! Então, eles contam rapidamente um dia na vida de um carinha que herdou a casa da vó e foi fuçar nas coisas da falecida. Também faria isso se eu fosse ele:


Cloud Nothings
"Forget You All The Time"
Forget You All The Time
dir: Ian Glodich e Isaac Cohen

Simulando Ataques Epilépticos

Você sofre de ataques epilépticos? Então nem pense em dar play nesse clipe do malucão Bibio, integrante do casting de estrelas bizarras da gravadora masi malucona que há: a Warp Records.

Não sofre de ataques epilépticos? Quer saber como é um? Olha, pode dar play, mas por sua conta e risco. Se você for parar no hospital culpe o Bibio e a Warp por terem feito esse ataque psicodélico de luzes transpostas que piscam em forma de videoclipe.

Digno de replays, se você aguentar:

Bibio
"Excuses"
Mind Bokeh
dir: Michael Robinson/Moviate & Stephen Wilkinson

A ressurreição (?) de iamamiwhoami

Achei que a brincadeirinha de fazer mistérios videoclípticos tinha ficado em 2010, mas ela voltou. Joanna agora resolveu mostrar mais o rosto e continuar investindo nas misteriosas simbologias cinéticas.

O clipe começa com aquele cara de cueca que já apareceu em outros clipes caindo do céu num rio. Há uma casa, onde a cenografia impecável com paredes de isopor e uma cama de rolos de papel higiênico dão um tom sombrio. Aliás, a casa mais parece um laboratório onde, ouso arriscar, tem cheiro de erotismo. Vide a dança insinuosa que a estranha iamamiwhoami executa, ao som da sua música que começa a ficar mais pop, mas ainda assim atraente aos meus loucos ouvidos.

Digno de replays, apesar dos longos e arrastados 8:36 minutos muito bem realizados.

iamamiwhoami
";john"

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Definindo o Brasil atual

 Por mais que pareça, nenhum fato citado pelo MV Bill e ilustrado no clipe de "Causa e Efeito" é ficção. É a mais pura definição social brasileira: violenta, corrupta, desesperada, cheia de fobias... Para mais definições aperte o play:


MV Bill
"Causa E Efeito"
Causa E Efeito
dir: Ivan 13P e Alexandre De Maio

For the Underdogs!

Bom, se existem músicas de auto-ajuda, bem que "Losers", do lindo duo The Belle Brigade poderia ser uma delas. Não só por mostrar e esclarecer que vencedores realmente não existem, mas por ter toda uma força melódica, que essa passa a ser um dos meus hinos de libertação.

Libertação, mesmo! Já que o clipe mostra um carinha libertador de cães de guarda e que estão em petshops á venda. Sempre tive a vontade imensa de fazer o mesmo que ele faz no clipe quando vejo os animais presos como armas ou produtos. E de certo forma, essa libertação é humana também.


The Belle Brigade
"Losers"
The Belle Brigade
dir: David Altobelli

Porque todos nós não passamos de grandes perdedores, do início ao fim de nossas vidas mediocres. Mas cabe a nós sermos perdedores com causa ou perdedores sem causa. E lembrando que pra cada suposta vitória, existem milhões de perdedores !

                                              Perdedores


Sempre haverá alguém melhor que você

Mesmo se você for o melhor

Portanto, vamos parar a competição agora

Ou nós dois vamos ser vencidos

E eu tenho vergonha de sempre ter tentado ser melhor do que o resto

Mas irmão, eu não estou sozinho

Nós sempre tentamos chegar ao topo do mundo de alguma forma

Porque todos nós já fomos vencidos


Eu não quero ser estabelecido

Não, eu não quero morrer sabendo

Que eu passei tanto tempo quando eu era jovem

Só tentando ser o vencedor


Então eu quero deixar claro agora

Quero torná-lo conhecido

Que eu não me importo com mais com essa merda


Não me importo em ser um vencedor

Ou ser bom com as mulheres

Ou sair às sextas-feiras

Levando uma vida de festas

Não, não mais, não


Haverá sempre alguém pior do que você

Irmã, não deixe que isso te suba à cabeça

Porque você não vai estar no topo do mundo por muito tempo

Em constante competição


Isto não é sobre ninguém em particular

Mas eu poderia listar um monte de gente

Eu estou removendo-me da fila


Não me importo em ser um vencedor

Ou ser bom com as mulheres

Ou sair às sextas-feiras

Levando uma vida de festas

Não me importo em ser o mais difícil

Ou ser o favorito do papai

Ou que você pense que eu sou um mímico

Ou que eu sou um perdedor


Não mais!...




















Tudo pelos diamantes!

Vindos da areia da praia e prateados, os integrantes da banda Priestbird nascem, em meios a símbolos misteriosos e uma ajudinha praiana. Mas não basta existir, temos que continuar vivos. Mas como fazer isso em tempos tão rígidos? Ora essa, enriquecendo com diamantes!

Daí partem numa luta contra a natureza e forças ocultas pra encontrarem os diamantes, explorando o novo ambiente. Exploração essa que começa com eles sendo possuídos por instrumentos musicais...

Mas a busca pelos diamantes continua, até que descobrem a fome. Precisam comer, e a única solução é caçar... Mas o quê? Com uma ajudinha oculta, eles arranjam um camaleão gigante e partem pra arrebatá-lo!

Daí matam o camaleão gigante e por surpresa ou não, encontram os diamantes nos olhos do bicho.
Ricos! Ricos? Mas, quem ali vai querer diamantes? Que tal um cacto maldito?

Será?


Priestbird
"Diamonds"
Beachcombers
dir: Ron Winter

Lambendo videoclipes!

Esse é o por vezes sexy, outras vezes bizarro "Ice Cream", clipe novo da banda de math rock Battles, que de forma randômica e até ingênua dão uma alfinetada nas campanhas publicitárias, principalmente nas de sorvete, criando ambientes e fatos surreais pra mostrar o quanto imbecil pode ser um comercial de sorvete.

Nesse caso, surreal e digno de replays:


Battles feat. Matias Aguayo
"Ice Cream"
Gloss Drop
dir: Canada